Gestão de E-mail Marketing

O que é e-mail marketing?

A história do e-mail marketing começou no fim da década de 1970, quando o gerente de marketing da Digital Equipment Corp, Gary Thuerk, enviou 400 e-mails promovendo computadores da companhia, o que resultou em 13 milhões de dólares em vendas.

Mas foi nos anos 1990 que a internet massificou o e-mail marketing.

Com os resultados fantásticos no início, as empresas começaram a vender cadastro de pessoas com e-mails (listas compradas). 

Hoje, com o avanço das tecnologias, é muito fácil identificar uma base comprada e punir quem está enviando. Uma das punições imediatas é a suspensão do envio de e-mail, podendo gerar até o cancelamento da conta e bloqueio do IP.

A melhor prática é desenvolver a sua própria base de contatos.

O surgimento de tecnologias, como as redes sociais, teve impacto também sobre o e-mail marketing.

No entanto, independentemente da tecnologia, sabe-se que hoje é importante focar nas necessidades de cada usuário ao receber o e-mail, e trabalhar a personalização e interesse.

Assim, o que iniciou a comunicação de e-mail marketing 2.0, foi a personalização e conteúdo relevante no momento certo, nem antes ou depois. Isso é mais uma estratégia de relacionamento com os Leads e os clientes.

Quer saber mais sobre e-mail marketing?

Por que sua empresa deve usar e como criar uma base de e-mail confiável?

“O Guia Prático do E-mail Marketing”

Vantagens de usar o e-mail marketing

A evolução do e-mail marketing

Muitos acreditavam no fim do Email Marketing, devido ao crescimento das redes sociais e plataforma de mensagens instantâneas, mas não foi o que aconteceu.

Isso pelo simples fato que as pessoas terem o e-mail totalmente incorporado às suas vidas, principalmente no mundo corporativo, onde o e-mail serve como comunicação interna com teor válido para documentação.

Redes Sociais não irão substituir

Nas redes sociais, é uma ótima forma de espalhar sua mensagem para chegar aos seus clientes.

No entanto, esses canais geralmente são encarados com mais informalidade e menos compromisso que o e-mail.

As pessoas geralmente não visitam com frequência o site na empresa no Facebook para saber das novidades. E quando visitam não leem todos os posts publicados.

A divulgação de conteúdo nas redes sociais também não é mostrada para todo o seu público. Geralmente somente 3% são impactados com seu posts.

Enquanto no e-mail são individuais e são olhados cuidadosamente, em geral todos os dias.

Sabendo usar de forma adequada o Email Marketing é uma arma muito eficiente para manter um relacionamento com as pessoas, sejam elas clientes atuais ou apenas potenciais interessados.